Mesmo os voos solitários chegam em algum lugar. Façamos de nosso Pais a Terra que sempre sonhamos viver...

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Racista é o Negro que usa a Lei contra a discriminação racial, para fomentar ódio, extravazar recalques do passado ou para tirar proveito.

Justiça se obriga a ser cega. Infelizmente aqui no Brasil manipuladores de Leis, enxergam muito bem seus interesses. Situações que transgridem Leis, tem atenuantes ou agravantes. No caso do combate ao racismo no Brasil, parece que o modismo impera e a dádiva da cautela foi deixada de lado
Conclamo pessoas de boa indole, independente de cor, camada social ou sexo. Hora de dar um basta, em nome da dignidade da Raça Negra. Jamais defenderei atitudes racistas, mas passou da hora de se analisar caso a caso, causas e consequências, ao invés de ostentar bandeiras.
Paulo Cesar Tinga, exemplo de atleta, homem e ser humano. Em jogo pelo Cruzeiro no Peru, entrou em campo para exercer sua atividade profissional. Foi hostilizado e humilhado, sendo comparado a macaco, por ser negro. Atitude deplorável, crime que não merece perdão. O mais baixo que pode chegar o ser que se diz racional. Não há atenuante. Barbárie pura. Homem discriminado pela cor de sua pele. Diferente do que ocorreu com o Goleiro Aranha do Santos.
Porto Alegre, 28/08/2014, Arena do Gremio. Santos vencia de 2x0, com méritos, quando o goleiro Aranha resolveu aparecer e bancar o malandro. Começou a truncar o jogo. Jogava-se no chão com menina de geléia e provocava a torcida do Grêmio. Aranha foi ofendido não por ser negro, mas por ter provocado. No final não suportou a reação de sua ação e armou o Circo.
Testemunhas afirmam que sorrateiramente, fazia o famoso gesto com o dedo. Atitude anti ética, ridicula, que não poderia terminar de outra forma. A torcida Tricolor reagiu com várias ofensas; entre elas algumas fazendo alusão a cor de sua pele.
Nessa hora o pavão começou a fazer gestos, com a nitida intenção de truncar a partida. No final deu declarações mentirosas, fáceis de se perceber. Afirmou que foi chamado de preto fedido. Gaúcho não diz fedido. Usa o termo fedorento.
A lei contra o Racismo foi uma das maiores vitórias da Cidadania Brasileira. Infelizmente gente pequena, igual a esse cidadão, tenta utiliza-la para aparecer e em nome da vitória do seu time. O Goleiro Aranha é uma vergonha para a sua categoria profissional. Não por ser negro. Seria, independente da cor de sua pele.
O santos é grande e foi superior ao Grêmio. Venceria de qualquer forma. Não precisava da palhaçada provocada por esse idiota. Hora de tomarmos cuido. Daqui a pouco será apenas o time ter um negro entre os 11. fazer o gol no inicio e melar a partida, afirmando que houve racismo. O que vimos na Arena foi uma atitude leviana e provocadora. Um babaca que provocou milhares, não aguento o revés, passou a agir igual a maricas e se fazendo de vítima. Bastava jogar futebol, que nada aconteceria.
Agora a imprensa do eixo Rio/SP faz campanha contra a torcida do Grêmio. O triste é que quando o tricolor joga em São Paulo ou Rio, torcedores passam o tempo todo gritando Gaúcho Veado. Juizes são chamados de ladrões e filhos da puta. Hora de rever conceitos e mostrar para esses jogadores a responsabilidade que tem e que devem pensar muito, antes de criar o circo.
Na história, acredito eu, que a grande ofendida foi a Aranha. Ao se ver comparada a um cidadão digno de pena.
Nada justifica atitude dos agressores com palavras racistas. Devem ser punidos, mas pra que haja justiça, passou da hora de impor limites às atitudes de atletas em campo e bater martelo sobre o Fair Play. Drible maravilhoso, a graça do futebol, é desrespeito. Cera, catimba, anti jogo e irritar a torcida adversária não. Puna-se os torcedores gremista e ao atleta, que, no minimo, incitou e incentivou atos de violência.

5 comentários:

  1. Nossa....Falaram tudo nesse blog!
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. concordo com tudo ....RACISMO seria se proibissemos ele de entrar em nossa Arena por ser negro ou se desde o início do jogo ele fosse humilhado e chacotado e não é esse o caso,ele foi provocativo ,malandro e usou essas ofensas para se promover....PQ NINGUÉM CONHECIA ESSE JOGADOR NEM FAMA ELE TINHA ,AGORA VIROU POPSTAR!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário precisa ser postado diretamente no face, muitos não se dão ao trabalho e não querem entrar em blogs para ler. Está muito bem escrito e muito bem colocado, muito bom, parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom o texto. Agora li o que achei que não iria ler em lugar algum. Entendo que o negro mesmo se auto-discrimina ao aceitar quotas em Universidade. Fazendo isso ele mesmo está dizendo: 'eu preciso entrar por quota porque sou negro e por isso tenho capacidade inferior'.
    A propósito, e os cânticos racistas de Torcidas do Inter-RS não serão alvo de denúncias e investigações pela polícia?
    Segue abaixo uma pequena amostra:

    Faz Tempo Que o Grêmio Puto
    Guarda Popular

    Faz tempo que o Grêmio puto
    Não ganha nada
    Eles são os maiores filhos da macacada
    Eles dizem que quem não canta
    Nunca vai sair campeão
    Por isso não ganham
    Nem gauchão
    Dale dale inter
    Dale dale inter
    Dale dale inter
    Dale dale inter


    Matar o puto Tricolor
    Guarda Popular

    Sempre louco atrás do gol
    Acendendo um do bom !
    Eu voooo matar o puto tricolor
    E depois que eu me chapar
    e a cerveja acabar
    Eu voooo matar o puto tricolor
    Vamo INTER hoje temos que vencer
    Vamo INTER hoje temos que vencer
    Daledaledaleooooo



    Hoje o Inter Vai Ganhar
    Guarda Popular

    E a macacada vai cantar e beber sem parar
    E depois comemorar!!!
    Essa vitória no meu coração irei guardar
    Lalala lala laia
    Laia laila lalaia laia lalaia
    E depois comemorar!!!
    Essa vitória no meu coração irei guardar
    Lalala lala laia
    Laia laila lalaia laia lalaia
    Lalala lala laia
    Laia laila lalaia laia lalaia
    Hoje o Inter vai ganhar!!!
    E a macacada vai cantar e beber sem parar
    E depois comemorar!!!
    Essa vitória no meu coração irei guardar
    Lalala lala laia
    Laia laila lalaia laia lalaia
    Lalala lala laia
    Laia laila lalaia laia lalaia...


    Não Sei Como Vou Não Sei Como Venho
    Guarda Popular

    Não sei como vou não sei como venho
    O inter é um vicio e eu vim pra cantar
    E nada explica este sentimento
    Cada vez que venho eu ti quero mais
    Vamos colorado tudo vai estar bem
    Como sempre te seguirei, como sempre te apoiarei
    Vamos colorado vamos lá ganhar, e a volta eu quero dar
    Vamos juntos a festejar!
    E o Grêmio puto, não existe mais!
    E o Grêmio puto, não existe mais!


    No Beira-rio
    Guarda Popular

    No beira-rio, há uma torcida louca
    Sempre corre o gaymio
    Argentino puto
    Suas bixa louca
    Gremista puto
    Preste atenção
    Esta terra é minha
    E se não gostou, pode vim na mão


    Bairro da Azenha
    Guarda Popular

    Lá no bairro da azenha há uma banda puta que faz avalanche.
    Se encoxam o temo inteiro e vivem correndo até dos xavantes.
    Cuidado, ô gremio, nós vamos derrubar o chiqueiro!
    Cuidado, ô gremio, nós vamos derrubar o chiqueiro!


    Muitos cânticos, mas muitos mais, podem ser encontrados no link abaixo:

    http://letras.mus.br/guarda-popular/

    ResponderExcluir
  5. Estamos vivendo o desvirtuar do sentido de racismo.

    ResponderExcluir